8 ps do marketing digital: o que é e como aproveitar esse conceito?

11/07/2019 às 16:28:55

Se você trabalha com marketing digital, é dono de uma empresa, estuda o assunto ou é social media, certamente já ouviu falar nos 4 Ps do marketing. Os famosos Ps de “produto, preço, praça e promoção” ainda guiam decisões estratégias de marketing e negócios para empresas de grande e pequeno porte e, claro, são conhecimento obrigatório para quem é da área.

Mas, o mundo mudou e o comportamento do consumidor também. Esse novo contexto tecnológico fez com que os estudiosos da área aprimorassem ainda mais esse conceito e criassem os 8 Ps do marketing digital.

Pesquisa, planejamento, produção, publicação, promoção, propagação, personalização e precisão. Esses são os novos Ps do marketing digital e, neste post, nós vamos te ajudar a entender cada um deles! Entenda a lógica por trás disso e aplique em suas estratégias!

Os 8 Ps do marketing digital

Os 8Ps do marketing digital complementam os pilares básicos que guiam toda estratégia de marketing no mundo digital. É por meio deles, que você pode garantir um plano completo e integrado para promover a marca e fazer com que os objetivos sejam alcançados.

#1 Pesquisa

Hoje, por meio da internet, é mais fácil entender o comportamento dos consumidores e definir o público a ser alcançado. E, toda análise que envolve isso é fundamental para a estratégia. Por isso, o primeiro dos 8 Ps do marketing digital é a pesquisa.

Além de ser parte fundamental do marketing, a internet está facilitando muito este processo. A partir de uma pesquisa é possível descobrir as características do público e os principais meios de alcançá-lo.

Um exemplo simples é a criação de um formulário online, divulgado nas redes sociais e que entregue algo em troca da resposta. Ou até mesmo, uma boa conversa com os clientes para entender um pouco mais sobre seus interesses e identificar mais características do seu comportamento.

Pesquisas de mercado, análise de sentimento e monitoramento de termos são partes desse campo que, não à toa, mereceu um P só pra si.

#2 Planejamento

Com base nos dados coletados na pesquisa, é hora de planejar as estratégias que serão utilizadas para atingir o público. Mas, lembre-se que a comunicação na internet é dinâmica. Então, esteja focado em criar algo novo, ou até mesmo aprimorar o que já existe.

Como para todo planejamento, defina claramente os objetivos a serem alcançados. A partir deles é que você vai melhorar o relacionamento com o público, com uma comunicação adaptada àquilo que gera engajamento.

Entendemos que você quer vender produtos e ter lucro. Porém, dentro da estratégia dos 8Ps do marketing digital, é mais relevante que você fale sobre como você pode ajudar a resolver os problemas, do que ir vendendo logo de cara. As campanhas mais eficientes falam sobre soluções, não diretamente de produtos.

Mas também não se esqueça que as pessoas podem estar em diferentes estágios da compra. Então, organize-se com um calendário definindo onde, quando e o que será publicado antes de começar, de forma que atenda a todos, em seus diversos estágios da jornada do consumidor digital.

#3 Produção

O terceiro P é o de pôr as mãos na massa! Agora que você já tem um planejamento montado é preciso tirá-lo do papel e colocá-lo em prática. De acordo com o seu planejamento, o que é necessário ser produzido?

Montar um site institucional, com espaço para publicações de blog posts frequentes tem que fazer parte do seu escopo. Além disso, é importante ter perfis em redes sociais relacionados à marca e que contem com a presença do público-alvo.

Essas ações são essenciais para executar seu planejamento. Afinal, você elaborou uma estratégia de conteúdo que precisa ser divulgada para alcançar quem realmente interessa!

#4 Publicação

Com a produção iniciada você já pode avançar para o 4º P do marketing digital, a publicação. Esse é o momento de ativação do seu projeto, quando ele vai para a prática.

Tenha sua atenção voltada para o marketing de conteúdo. O seu objetivo é estar no topo das pesquisas do Google, já que a maioria das pessoas raramente pulam para a segunda página, quando não encontram aquilo que estão pesquisando logo no início.

Por isso, formate as publicações e produções seguindo os critérios de SEO. Mas lembre-se das pesquisas realizadas. Estruture corretamente as publicações e agrade os atuais e futuros consumidores.

E mais uma dica: mesmo com o planejamento estruturado, mantenha-se sempre de olho no mercado. Surgiu algum conteúdo viral? Fale sobre ele e entre na conversa.

#5 Promoção

Agora que você já tem campanhas e publicações úteis para o público-alvo, é chegado o momento de promover a criação. O 5º P do marketing digital é o de pôr a cara no sol e utilizar todos os canais possíveis para a promoção.

Criar relacionamentos saudáveis e duradouros, lembrando de promover mais soluções do que produtos, é o gatilho inicial. Em seguida, defina as melhores mídias. Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram e Pinterestsão alguns exemplos.

Porém, atenção: cada conteúdo na sua mídia. Se você tem conteúdos de decoração, talvez os melhores lugares para divulgá-los sejam no Instagram ou no Pinterest. Agora, se você está falando sobre estratégias de gestão, o seu conteúdo combina muito bem com o LinkedIn.

#6 Propagação

A gente sabe que as redes sociais são vitais na comunicação. Uma das várias maneiras de propagar o conteúdo é estimular quem viu e gostou a compartilhar a publicação. Sim, estamos trazendo de volta, no 6º P do marketing digital, o bom e velho marketing boca a boca.

Além desta velha conhecida, você pode dar aquele empurrãozinho nas suas campanhas. Utilizar as mídias pagas é uma maneira de acelerar os resultados e direcionar a publicação para quem realmente interessa. Por isso use do Google AdWords, Facebook Ads e LinkedIn Ads.

E vá além, provoque os seguidores fazendo perguntas! Quando você pede a opinião é muito mais provável que o seguidor curta, comente e compartilhe o conteúdo. Ele se sentirá fazendo parte do negócio e você terá o benefício de conhecer ainda mais o público.

#7 Personalização

É normal que, ao longo do processo, à medida que você vai conhecendo mais o público, sejam necessárias personalizações e adaptações do plano. Mas fique tranquilo, isso é completamente normal e, na nossa opinião, deve acontecer.

Você vai perceber que certas pessoas estão mais dispostas a comprar do que outras. Que, talvez, o público que você definiu no 1º P do marketing digital esteja incompleto. Isso é natural porque no início você não terá plena certeza do que fará sucesso.

Então, tenha meios de aumentar e melhorar o relacionamento com o público e conhecê-lo ainda mais. Use ferramentas que agreguem valor à sua estratégia, para ter maneiras de personalizar a comunicação e entregar o conteúdo certo, para a pessoa certa, no momento certo.

#8 Precisão

último e mais precioso P do marketing digital: a precisão. Você precisa mensurar os resultados de suas ações para saber o retorno gerado pelo seu investimento aplicado.

O marketing digital permite analisar o perfil de quem interagiu com a marca nas redes sociais, quem abriu e clicou em um link de um e-mail, quais foram os conteúdos mais acessados e qual caminho originou este acesso: por meio da a rede social, de uma busca paga ou de maneira orgânica.

Uma análise profunda desses resultados se assemelha ao primeiro P (pesquisa). Acrescente informações ao público que você definiu no início, aprimore seu planejamento, sua produção ou até mesmo crie novos produtos. Crie um círculo virtuoso de geração de resultados e sucesso.

 

Fonte: mLabs

Autor(a):

Fale conosco

close
Descrubra agora mesmo o que podemos fazer por sua empresa.

Endereço

Rua 24 de Maio
412, CJ 503 - 80220-060 - Curitiba - PR

Telefone

(41) 3598 4674

(41) 3328 3643

CARREGANDO